04/08/2012

Alimentos antidepressivos

Dicas para combater a ansiedade e a tristeza sem drogas
( medicamentos ansiolíticos, anidepressivos, xanax, etc).





1- Faça meditação.


2- Faça exercício físico.


3- Coma alimentos naturais que afastam a tristeza, exemplo: Bananas, Espinafres, Mel, Alface, ovos, laranja , frutos vermelhos.




O exercício estimula a secreção de endorfinas, que causam sensação de bem-estar. Além disso, melhora a circulação e a oxigenação do cérebro. E tem efeitos indirectos em sintomas ligados à depressão, como a qualidade do sono.




Banana :


Diminui a ansiedade e promove um sono tranquilo. É rica em hidratos de carbono, potás-sio (diminui o stress, normaliza os batimentos cardíacos e ainda a ajuda a manter-se alerta) e magnésio.
Também é fonte de vitamina B6, que produz energia e, por este motivo, os desportistas adoram-na.


Espinafres :


O espinafre é uma fonte privilegiada de ferro (nutriente essencial para prevenir e combater a anemia) . Contém também potássio e ácido fólico, magnésio, fosfato e vitamina A, C e do complexo B, garantindo um bom funcionamento do sistema nervoso e prevenindo a depressão.
Idealmente, os espinafres devem ser ingeridos crus, visto que o processo de cozedura lhes retira os carotenóides.


Mel :


É rico em elementos nutritivos, devendo constar da dieta de todos, principalmente de quem sofre de stress e cansaço (com excepção dos diabéticos). Contém água, glicose, sacarose, potássio, ferro, sódio, enxofre, cloro, cálcio, magnésio, fósforo, zinco, vitami-nas do complexo B, vitaminas A, E, C e substâncias que agem como antibióticos naturais.


Além disso, estimula a produção de seratonina, neurotransmissor responsável pela sensação de conforto, prazer e bem-estar.


Alface :


Possui efeitos calmantes e relaxantes e é rica em fosfato, afastando a confusão mental e o cansaço.
Use-a para fazer sumos desintoxicantes, saladas e chás terapêuticos.


Ovos :


Os nutrientes presentes nos ovos que asseguram o bom humor são a tiamina e a niacina (vitaminas do complexo B), ácido fólico e acetilcolina. A carência destas substancias pode causar apatia, ansiedade e até perda de memória. No entanto, não exagere. Dois ovos por semana constituem uma dose equilibrada.






Laranja :


Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, a laranja é um óptimo auxílio no bom funcionamento do sistema nervoso.


Também o cálcio, presente na sua composição, é um relaxante muscular e anti-stressante. É energética, hidratante e previne a fadiga.






Frutos vermelhos :


Framboesas, groselhas, morangos, amoras... Riquíssimos em antioxidantes, os frutos vermelhos são apontados, por alguns especialistas, como «aspirinas naturais», porque possuem um componente chamado antocianina, responsável por gerar alegria.






5 HTP (hitroxi-triptofano)


O triptofano é um aminoácido essencial, leva à produção de serotonina, neurotransmissor relacionado ao prazer e ao bem-estar.
Não é produzido pelo corpo e precisa ser adquirido via alimentação, pode encontrar-se em alimentos proteicos, como carnes e lacticínios (nozes e castanhas; leguminosas como feijões, soja, lentilha; cereais integrais; açúcar mascavo; frutas secas; frutas como banana, pinha e abacate; sementes de gergelim e girassol; amendoim e tâmaras são boas opções para quem não quer ingerir nem carne nem lacticínios.
Pode incluir várias dessas opções ao longo do dia. Quanto mais variada a alimentação, melhor)


Os suplementos dietéticos de 5 HTP , são naturais e pode encontrar em ervanárias, são produzidos principalmente a partir de uma planta africana, a Griffonia simplicifolia.






Erva-de-são-joão :


O extracto da erva-de-são-joão (Hypericum perforatum L) serve para preparar uma infusão ( chá) que ajuda contra a depressão. Actua como um inibidor da recaptação de serotonina.


A serotonina é um neurotransmissor que modula o humor e provoca bem-estar. Baixos níveis da substância estão relacionados aos quadros de depressão.
Os inibidores de recaptação aumentam a disponibilidade da serotonina no sistema nervoso central.






Aspargos:


Os aspargos são um dos melhores alimentos anti-depressivos.
Os aspargos tem altos níveis de folato e triptofano. Baixos níveis de ácido fólico têm sido associados à depressão em metade dos casos de depressão.
 Triptofano é também usado pelo cérebro para produzir serotonina que é um dos principais estabilizadores do humor.






Arroz integral:


Fornece muitos dos minerais que o cérebro necessita para funcionar adequadamente, além disso fornece ainda vitaminas B1 e B3 e ácido fólico.






Acelga:


Este vegetal contém uma grande quantidade de magnésio.
O magnésio é um nutriente que é uma parte vital das reacções bioquímicas que aumentam os níveis de energia no corpo humano.
Um estudo realizado na Austrália revelou que níveis mais baixos de magnésio foram associados com níveis altos de depressão.

Sem comentários:

Enviar um comentário